Registro de Desenho Industrial - Marcas e Patentes Fortaleza

Você acha que o design faz diferença no produto?

Diante de uma prateleira com diversas opções de perfumes, qual irá lhe atrair mais? Será apenas pelo cheiro ou a embalagem também influenciará na decisão de compra?

desenho-industrial

Muitas vezes, compramos algo de marca reconhecida e de preço elevado, mas que possui a mesma qualidade das outras opções de mercado. Qual o motivo? Pode ser por conta da influência de um anúncio, pela indicação de um amigo ou por uma motivação ainda maior: o desejo criado pelo visual, pela apresentação da embalagem.

embalagem-alimento

Vamos exercitar a importância do design para o reconhecimento e a valorização de um produto. Analise o formato de lata abaixo e tente identificar qual sua marca:

design-embalagem-nescau

Sem muito esforço, caso você já tenha tido contato com esta embalagem, virá na sua memória a lata do Nescau da Nestlé. Com um formato contorcido e tátil, a mudança tornou o produto mais memorável e diferenciado diante dos concorrentes do mercado. Além da forma, a identidade visual com cores e diagramação originais tornam o impacto ainda maior.

design-embalagem

Quando um fabricante resolve investir no design dentro das suas estratégias de negócio, tenha certeza que a visão dele está no aumento da lucratividade.

A diferenciação é o que agrega valor ao produto, destaca diante da concorrência e permite que você possa aumentar o preço. O que nem todos sabem é o quanto de tempo, profissionais envolvidos e dinheiro é preciso para desenvolver uma embalagem como essas.

NÃO É DA NOITE PARA O DIA!

É preciso que  a embalagem se adeque com o conceito, o posicionamento e a identidade da marca. O design também interfere na fabricação e na logística. A máquina que fabrica a lata do Nescau precisou ser alterada para conseguir produzir este formato. A logística para encaixar nos containers também deve ser pensada. Tudo isso leva tempo, investimento e esforço.

Como você se sentiria ao investir na criação de um produto inovador e uma outra empresa o copiasse?
Além de ruim, traria prejuízo e atrapalharia  os resultados desse investimento. Por conta disso, nossa legislação criou uma modalidade de direito chamada Desenho Industrial. É um registro que você solicita ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual – INPI. Quando esse registro é realizado você passa a ter o direito de propriedade sobre o design desenvolvido. Logo, em caso de cópia sem autorização, você pode recorrer e ter seus direitos garantidos.

Registro-de-Desenho-Industrial

O que se entende por Desenho Industrial?

Neste caso, são consideradas duas características:

 

  • Forma tridimensional

Corresponde ao estilo do volume do objeto, qual o formato e as dimensões que o compõem.

 

  • Combinação de linhas e cores

Como é a estampa, tonalidades e diagramação das informações dispostas.

Com o registro do seu desenho industrial, somente você poderá o explorar comercialmente em todo o Brasil. Seja usando o produto, fabricando ou comercializando. Você pode ainda passar para terceiros e cobrar royalties em troca, a medida que o sucesso for sendo alcançado.

Como o pedido de registro para um Desenho Industrial é feito?

Existem vários passos sobre como funciona esse processo de pedido de registro. Os documentos que você tem que reunir, quanto tempo se leva investindo e outros requisitos. Porém, antes de qualquer coisa é preciso que o objeto atenda dois pontos:

1-      Distintividade

O design deve se distinguir dos outros, na forma e no modo de utilizar. Por exemplo: dificilmente você conseguirá registrar um novo desenho de taça, pois geralmente ela deve possuir o mesmo formato com uma base, uma cintura e uma parte cilindríca onde vai a bebida. Esse é o formato básico de qualquer taça, logo não há distinção clara entre elas. É como pedir a propriedade do design de um pneu pelo fato de ele ser redondo. Todo pneu é redondo, pois é inerente ao produto.

2-      Originalidade

O que você criou deve ser novo, ninguém pode ter pensado e registrado antes de você. Este é o ponto que torna ou não sua invenção inovadora. É preciso ser singular e criativo em termos de formas e funções do produto.

Lembre-se de ter um serviço profissional para lhe auxiliar desde o início, para agilizar o processo, garantir os seus direitos e acima de tudo evitar retrabalhos e prejuízos futuros.

O objetivo do artigo foi mostrar a importância do design para o seu posicionamento no mercado e a preocupação necessária para proteger seus direitos, evitando prejuízos futuros. Se este conteúdo lhe ajudou, curta e compartilhe com seus parceiros de negócios.

Nós da Pensarte, estamos a disposição para conversar sobre qualquer assunto relacionado a propriedade intelectual, seja na área de registro de marcas, patentes, desenhos industriais e direitos autorais. Conte com a gente!

Para assistir este conteúdo em vídeo, acesse nosso canal do Youtube.

Acompanhe nossa página do facebook e instagram.

Até a próxima!

 

 

FALE COM UM ESPECIALISTA:





Precisando registrar sua marca? Entre em contato conosco!
Powered by