Como é o processo para registrar uma marca no INPI? - Marcas e Patentes Fortaleza

Como é o processo para registrar uma marca no INPI?

Deixe também seu comentário, dúvida ou sugestão.

26 Comentários

  1. Geraldo Godoi Filho

    Luís, bom dia!
    O procedimento de registro de uma ideia de invenção, de um aparelho eletrônico que melhorasse o dia a dia das pessoas. Seria muito diferente o processo? Qual o tempo e o valor em estimativa para o registro em território nacional?
    Grato.

    Responder
    • Luís André Domingos

      Olá, Geraldo. Para proteger uma invenção é necessário solicitar uma patente ao INPI. O processo tem pontos semelhantes (também é feita uma análise de anterioridades, há prazo para outras empresas apresentarem oposições, etc.) e pontos diferentes (não é prorrogável, a vigência é contada da data de depósito, etc.). Estamos preparando um conteúdo específico sobre isso. O investimento e o tempo para prepararmos o pedido de patente vai depender da complexidade da invenção. Se você nos enviar informações mais detalhadas por e-mail podemos lhe enviar uma proposta personalizada. Obrigado!

      Responder
  2. João mauro

    quanto ao custo desses processo quanto seria?

    Responder
    • Luís André Domingos

      Olá, João. O valor do investimento vai depender do tipo da sua empresa, do produto/serviço que você vende, dos seus planos futuros para a marca, etc. Vou te mandar um e-mail para levantarmos essas informações e prepararmos uma proposta para você. Obrigado!

      Responder
  3. sara

    Desenvolvi um método para ensinar e praticar coaching. É possível regitrá-lo pelo INPI? Atualmente sou MEI.

    Responder
  4. claudiostiler

    Olá, bom dia gostaria de esclarecer uma dúvida: se existe uma maquina com finalidades especificas e eu faço uma maquina idéntica com a mesma finalidade mas com mecanismo diferente, posso patentear?

    Responder
    • Luís André Domingos

      Pode sim, mas é necessário que seu mecanismo não seja simplesmente diferente, mas sim melhor. Mais especificamente, ele deve melhorar o uso ou o processo de fabricação do máquina.

      Responder
  5. Osmar vilson maier

    Quero quero patentear uma invenção e um filtro redutor de consumo de energia estabilizador de frequência e retira a frequência harmônica eu fiz esse projeto em 1988

    Responder
  6. Gilvandro bezerra

    Bom dia para fazer uma patente de um produto melhorado preciso contratar um escritório ?ou posso dar entrada no Inpi direto.e quanto seria?

    Responder
    • Luís André Domingos

      Olá, Gilvandro. Você não é obrigado a contratar nenhuma escritório, pode fazer direito no INPI. Para ter sucesso no seu pedido, todavia, você terá que entender a legislação de patentes, saber o que pode e não pode ser patenteado, como elaborar o descritivo da patente, como acompanhar e defender seu processo, etc. Aprender tudo isso demanda tempo e esforça, por isso muitas pessoas optam por contratar um especialista. Espero ter ajudado.

      Responder
  7. socorro

    Show. Vídeo super explicativo, muito claro.
    Trabalho na área de prestação de serviço. É possível patentear um tipo de evento realizado, mesmo que existindo outro semelhante, sendo que o meu será para público diferente e objeto diferente?

    Responder
    • Luís André Domingos

      Geralmente as ideias de eventos não se enquadram no conceito de invenção, e só podemos patentear invenção. Além disso, podem ser considerados métodos comerciais, educativos ou publicitários; ou ainda apresentação de informações, o que não é considerado invenção segundo a legislação. Mas vale a pena analisar caso a caso para ter certeza. Abraço!

      Responder
  8. Kevin

    Como faço para descobrir se o nome da minha marca ainda não existe? E quais seriam os valores para todo esse processo de registro?

    Responder
    • Luís André Domingos

      Para saber se o nome já existe é preciso fazer uma pesquisa no banco de marcas do Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI. Entraremos em contato por e-mail para informar como é nosso trabalho e os valores. Abraço!

      Responder
  9. matheus

    como seber se vocês ou outra empresa desse ramo não vão roubar a ideia um exemplo se a ideia for muito boa como confiar que garantias eu tenho?

    obs: desculpe a pergunta mas fica essa duvida

    Responder
    • Luís André Domingos

      Olá, Matheus. Sua preocupação é pertinente. Pessoas que se preocupam com sua reputação no mercado jamais vão “roubar ideias” de clientes, principalmente aquelas que são credenciadas junto ao INPI ou advogados inscritos na OAB, pois estão vinculadas a um código de ética profissional que os obriga a guardar sigilo das informação recebidas. Uma quebra desse sigilo poderia configurar desvio de conduta, você poderia denunciar o profissional e ele pode perder sua credencial, sem falar no ressarcimento do dano causado pela via judicial. Pode ser feito ainda um termo de confidencialidade específico para determinada “ideia”, onde os envolvidos se comprometem expressamente com o sigilo. A relação entre procurador e cliente nesta área de patentes requer muita confiança, por isso é importante você escolher bem o profissional com o qual vai trabalhar.

      Responder
  10. Lisangela

    Existe registro de desenho industrial internacional? Tive em 2002 negada a patente MI.Gostaria de exportar, me protegeria de alguma forma desenho industrial?

    Responder
  11. Gilberto Alves Rodrigues

    Como tudo no Brasil, leva tempo….

    Responder
    • Luís André Domingos

      Sim, infelizmente. Por isso é importante conhecer o processo, para ele não ficar mais longo do que o necessário.

      Responder
      • Gilberto Alves Rodrigues

        E se eu quiser registrar a marca para o mundo, como ficaria?

        Responder
        • Luís André Domingos

          Não existe um registro de marca no mundo todo. Você tem que escolher cada país, orçar, e solicitar o registro individualmente. Existem tratados internacionais que garantem um prazo de prioridade em outros países (o Brasil faz parte) e outro que com um só pedido você reserva o direito em vários países ao mesmo tempo (o Brasil não faz parte). Para maiores informações entre em contato com nossa equipe de atendimento pelo formulário http://materiais.marcasepatentesfortaleza.com.br/contato. Obrigado!

          Responder
  12. Nill Meira

    Quando a marca tem o desenho da inicial do nome tem que colocar ele no nome tambem?

    Responder
  13. Giovana Mendes

    Como se dá a questão da profissão de coach para registro de marca por CPF? É necessária a comprovação de formação educacional?

    Responder
    • Luís André Domingos

      Considerando que o Coach não é um profissão regulamentada, é possível registrar como pessoa física, e não é necessário formação educacional.

      Responder
  14. Osmar Lopes

    Olá por gentileza poderia orientar-me como trocar o representante legal junto ao INPI? Quero eu mesmo fazer este processo, mandei e-mail para o INPI, sem sucesso de resposta, entrei em contato, disseram que teria que fazer pelo site, mas não encontrei o campo e o formulário para preencher e enviar.

    Responder
    • Luís André Domingos

      Amigo, procure pelo serviço “Apresentação de procuração” ou “Mudança de procurador”. Desculpe a franqueza, mas será mesmo uma boa decisão conduzir o seu processo sozinho, se você está com dificuldades de fazer esse procedimento (que é um dos mais simples)? Se não gostou do trabalho do seu antigo procurador, aconselho procurar ou e não ficar sem assistência técnica. Espero ter ajudado. Abraço!

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisando registrar sua marca? Entre em contato conosco!
Powered by